A Federação Brasileira de Direitos Humanos – FBDH apoiou integralmente a nomeação da advogada e pastora Damares Alves para Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos pelo Presidente eleito Jair Bolsonaro, desde quando seu nome passou a constar das listas de candidatas ao cargo: não poderia haver um nome mais qualificado e com melhores antecedentes na luta pela família, infância, mulheres, negros, índios, deficientes e outras minorias!

O ato de entrega do manifesto de apoio aconteceu na véspera de ter seu nome confirmado, através do Delegado Regional no DF, o jornalista e escritor Felipe Porto, em nome do Presidente nacional da FBDH, Dr. Elizeu Fagundes Rosa, que o autorizou a nomeá-la como Defensora dos Direitos Humanos, pelo longo trabalho já realizado nessa área, efetuando a entrega do documento, nosso botton e marcando para breve a solenidade de entrega de nosso Certificado. Dias antes, desde quando o nome de Damares Alves passou a circular como uma das preferidas de Bolsonaro para ocupar o cargo, já havíamos levantado através de nossas páginas e grupos nas redes sociais as hashtags #QueremosDamaresMinistra #MinistraDamaresAlves, que receberam adesão imediata e viralizaram, o que ajudou a elevar seu nome à condição de candidata mais forte para ser Ministra. A posse de Damares Alves no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos no Governo Bolsonaro vai significar uma retomada dos verdadeiros princípios que norteiam a atuação nessa área, em vez da forma manipulada, demagógica e distorcida com que foram tratados nos governos esquerdistas, que colocaram a atividade em total descrédito perante a população, a ponto da maioria considerar erroneamente como se fosse para “defesa de bandidos”.

About The Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: