DELEGADO DE PAULINIA É DENUNCIADO POR ABUSO DE AUTORIDADE

Entidades de Direitos Humanos do Brasil juntamente com Federação Brasileira dos Direitos Humanos, pede ao Governador Geraldo Alckmin o afastamento imediato do Delegado de Policia Civil de Paulínia Luiz Antônio Correia, por abuso de autoridade, discriminação religiosa, constrangimento e perseguição contra o Coordenador e Defensor de Direitos humanos Adão Nunes, a Comissão formada por varias entidades de direitos humanos, estará encaminhado às denuncias ao Ministério Público do Estado de São Paulo, Corregedoria da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Ouvidoria Geral do Estado de São Paulo, e Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Para a Comissão Especial o delegado agiu com truculência e abuso de autoridade.
A Comissão Especial juntamente com o Coordenador Nacional dos Direitos Humanos, estará em São Paulo Para ouvir o Pastor Adão Nunes, que foi vítima de violações de direitos humanos.

Pessoas que foram vitimas poderão denunciar pelo Disk 100 ou pela Ouvidoria Geral.