Mensagem do secretário-geral da ONU, António Guterres, lembra o genocídio contra os tutsi no Ruanda – quando mais de um milhão de pessoas foram assassinadas de forma sistemática em apenas 100 dias.
As vítimas eram esmagadoramente tutsis, mas também incluíram hutus e outros que se opuseram ao genocídio.
Neste dia, Guterres afirma que o mundo honra aqueles que foram mortos, mas também ganha inspiração na capacidade de reconciliação e restauração daqueles que sobreviveram.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: