A Missão Internacional Independente de Apuração dos Fatos sobre a Venezuela divulgou um relatório a respeito da situação no país. A chefe da Missão, Marta Valiñas, afirmou que existem “indícios razoáveis” de que autoridades venezuelanas e forças de segurança estariam “planejando e executando graves violações de direitos humanos incluindo assassinatos e uso sistemático da tortura, que podem ser considerados crimes contra a humanidade”, desde 2014.

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: