“Precisamos de uma transição justa e equitativa para uma indústria naval descarbonizada.”

Lançada nesta quarta-feira (27), a Revisão do Transporte Marítimo 2023 pede ação ousada e colaboração sistêmica em meio às crescentes emissões de carbono e à incerteza regulatória.

O relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) destaca que indústria naval é responsável por mais de 80% do volume de comércio mundial e 3% das emissões globais de gases de efeito estufa, que continuaram a crescer 20% em apenas uma década.

Antes da COP28, a UNCTAD defende combustíveis mais limpos, soluções digitais e uma transição equitativa para descarbonizar o transporte marítimo global.

Precisamos de uma estratégia de transição ambientalmente eficaz, processualmente justa, socialmente justa, tecnologicamente inclusiva e globalmente equitativa.

🛳️ Explore a Revisão do Transporte Marítimo da UNCTAD 2023: https://unctad.org/rmt2023

👉🏿 Saiba mais sobre o Dia Marítimo Mundial: https://bit.ly/ONU_DiaMaritimo

#DiaMarítimoMundial #Comércio #Transporte
#Agenda2030 #ObjetivosGlobais #MudançaClimática #AjaAgora
#ONUBrasil #UNCTAD

Acompanhe o trabalho da ONU no Brasil e no mundo nas nossas principais redes sociais e em nosso site:
ℹ️ https://www.facebook.com/ONUBrasil
ℹ️ https://www.instagram.com/onubrasil
ℹ️ https://www.youtube.com/onubrasiloficial
ℹ️ https://twitter.com/ONUBrasil
ℹ️ https://www.tiktok.com/@onubrasil
ℹ️ https://brasil.un.org

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: