Acompanhe neste vídeo do Unfpa Moçambique: Beatriz tinha apenas 15 anos quando engravidou, mas houve complicações durante o parto. O parto prolongado e obstruído a deixou com uma lesão de parto, fístula obstétrica – um orifício entre o canal do parto e a bexiga ou reto. A fístula obstétrica afeta cerca de 2.500 mulheres em Moçambique a cada ano. Pode causar incontinência, levando ao ostracismo social e problemas psicológicos concomitantes, como depressão. Se as mulheres tentarem engravidar novamente, a fístula geralmente resultará em um natimorto. Beatriz sofreu de fístula por 6 anos até receber uma cirurgia reparadora que mudou sua vida. “Não sei como expressar o que estava em meu coração”, lembrou ela. “Tive emoções que não sei como descrever.” Com os esforços certos, podemos #EndFistula.

Para saber mais sobre a história de Beatriz, visite: http://unf.pa/beatriz

Para mais informações sobre o trabalho do Unfpa em Moçambique, visite: http://unf.pa/mozambique

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.