Pelo Dia Internacional dos Boinas-Azuis, Ernestino Mango, da Guiné-Bissau, conta como é seu trabalho de acompanhar a implementação do diálogo político e da reconciliação no Mali.

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: