A brasileira Luísa Franco Machado, 23 anos, faz parte da lista. Ela defende o uso responsável da tecnologia e é ativista de direitos digitais e justiça de dados. Luísa disse à ONU News, da Lituânia, que essa escolha é “uma combinação de mais de cinco anos de estudos superiores e ativismo, focado na conexão entre tecnologia, feminismo e direitos Lgbt”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: