O secretário-geral da ONU, António Guterres, ressalta o pedido de justiça para os jornalistas mortos no cumprimento do dever, mas enfatiza que deve ser comemorado seu legado e conquistas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.