Lola Castro detalhou à ONU News como as operações essenciais se ajustam à crise da covid-19 na região. A agência já apoiava milhões de famílias em toda a região onde milhões de habitantes estão comendo menos, pulando refeições, tirando crianças da escola, vendendo ativos e se endividando.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: