Discursando no primeiro dia da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, António Costa afirmou que Portugal se compromete com a proteção de 30% das áreas marinhas até 2030. Segundo ele, os perigos que assolam os oceanos são tantos que enfrentamos “uma urgência oceânica”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: