Moçambique está a quatro meses da votação que neste ano deverá eleger o novo presidente da República e centenas de membros do Parlamento e das Assembleias Provinciais. Nesta entrevista para a ONU News, em Nova Iorque, a ministra dos Negócios Estrangeiros, Verónica Macamo, que as condições para realizar os pleitos estão todas criadas no país, incluindo em áreas do extremo norte com populações em movimento pela violência esporádica de grupos terroristas. Ela também fala ainda da importância de se promover diálogo para resolução de conflitos e os desafios de estabilização do continente africano.

About The Author

Related Posts