Especialista explica novo relatório da Unesco sobre liberdade de imprensa e proteção do jornalismo

A quebra do modelo de negócios na indústria de notícias e o risco para o direito fundamental à informação são destaques em novo relatório sobre Tendências Mundiais em Matérias de Liberdade de Expressão e Desenvolvimento da Comunicação Social. O chefe da área de Liberdade de Expressão e Segurança de Jornalistas da Unesco, Guilherme Canela, disse à ONU News, de Bangkok, na Tailândia, que a atual crise de saúde enfatiza os riscos na área. A Unesco, destaca que é preciso defender com urgência a liberdade de imprensa e a proteção do jornalismo para garantir que o setor continue um bem público. A nova análise cobre o período entre 2021 e 2022.