Governo do Estado fortalece cooperação ambiental internacional em série de encontros na França

Governo do Estado fortalece cooperação ambiental internacional em série de encontros na França

Nesta quinta-feira (27), o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), está na França para uma série de encontros estratégicos visando fortalecer parcerias internacionais cruciais para a gestão ambiental do estado e para o desenvolvimento sustentável. Liderada pelo secretário Eduardo Mendonça Sodré Martins, a comitiva baiana concentra esforços nas áreas de combate à desertificação, turismo sustentável e capacitação profissional.

Em Paris, o secretário ressaltou a importância das reuniões: “Estamos discutindo projetos para impulsionar a conservação ambiental dos Parques Naturais Regionais e promover o turismo sustentável na Bahia. Além disso, estamos abordando questões climáticas globais, com foco na mitigação de seus impactos no estado, especialmente na Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro.” Martins reafirmou o compromisso do governo em alcançar resultados positivos e fortalecer ainda mais a cooperação internacional com a França.

Na primeira agenda, a comitiva se reuniu com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para apresentar a proposta de estruturação do Fundo Caatinga em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo Daniella Fernandes, diretora-geral da Sema, o fundo, a ser formalizado por Decreto Federal, visa atrair recursos internacionais destinados ao combate da desertificação e à mitigação dos efeitos da seca na Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro.

Foto: Ascom/Inema

No segundo encontro, os representantes discutiram com o Institut Français a organização do 5º Encontro Franco-Brasileiro de Turismo Sustentável na Bahia, incluindo a implementação de um curso de francês gratuito para os Agentes Jovens Ambientais. Este curso, integrado ao programa “Francês, a língua profissional do turismo na Bahia”, desenvolvido pela Aliança Francesa, visa fortalecer habilidades de comunicação em francês e ampliar oportunidades no turismo sustentável, além de promover a integração cultural.

Outra agenda importante foi à reunião com a Embaixada do Brasil na França e a Federação dos Parques Naturais Regionais da França, onde foi apresentado o Projeto PROT’AIR ao Ministério das Relações Exteriores francês. Resultado de um Memorando de Entendimentos assinado em outubro de 2023, o projeto visa promover melhores práticas em turismo sustentável e agricultura familiar, consolidando uma colaboração estratégica bilateral.

“Nosso foco é fortalecer as habilidades dos gestores de áreas protegidas na Bahia, identificando locais-piloto para a implementação da abordagem integrada dos Parques Naturais Regionais franceses”, explicou Maiana Pitombo, assessora técnica da Sema.

A Bahia, com 45 Unidades de Conservação, incluindo 32 Áreas de Proteção Ambiental (APA), inspiradas no modelo francês de Parques Naturais Regionais, possui potencial para desenvolver iniciativas que valorizam as especificidades econômicas e culturais locais, fortalecendo o senso de identidade regional e influenciando o desenvolvimento regional de forma organizada e participativa.

Fonte: Ascom/Inema

Fonte: Clique aqui