Secretário-geral chegou ao arquipélago de língua portuguesa para participar da Cimeira do Oceano; país gera 20% da energia que consome de fontes limpas e almeja alcançar a marca de 50% até 2030.
Em entrevista a jornalistas ao lado do primeiro-ministro do país, Ulisses Correia e Sá, o líder das Nações Unidas lembrou que apesar de não contribuir para a crise climática, Cabo Verde – assim como outros pequenos Estados insulares – sofre as consequências do aquecimento global.
O chefe das Nações Unidas também visitou as instalações da Ocean Race, o desafio global de regatas que saiu de Alicante e realiza sua segunda etapa em Cabo Verde.
Acompanhe o primeiro dia da visita de António Guterres ao país africano, neste sábado 21 de janeiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: