António Guterres pediu retorno às negociações para acabar com a escalada da tensão entre Ucrânia e Rússia; secretário-geral afirmou que a decisão de Moscou sobre reconhecer “independência” de Luhansk e Donestsk é uma violação da Carta da ONU.

Leave a Reply

Your email address will not be published.