Jovens de todo o planeta se uniram para pedir mais participação na governança global de questões ambientais. O apelo é dirigido aos líderes mundiais que se reúnem em Nairobi, Quênia, na semana que vem para a sexta Assembleia da ONU do Meio Ambiente, Unea-6.

A Assembleia Ambiental da Juventude, realizada no último fim de semana, consolidou inspirações, ideias e recomendações dos jovens em uma declaração que será usada para influenciar os países durante a Unea-6, o principal órgão mundial de tomada de decisões sobre o meio ambiente.

A pesquisadora e ativista brasileira Amanda de Souza, de 21 anos, participou da atividade, que segundo ela foi marcada por um clima de “apreensão”, mas também de muita esperança. Ela destacou o pedido para que a participação dos jovens tenha um caráter permanente e institucional.

A jovem brasileira afirmou que o pedido tem sido bem recebido por diversos países, inclusive pela presidência da Unea-6, que está sob a responsabilidade do Marrocos. Amanda disse se sentir “muito esperançosa” de que outras demandas da juventude também possam fazer parte da declaração ministerial final do evento.

Leave a Reply

Your email address will not be published.