Em declarações à ONU News, Raquel Matavele Chissumba, que estudou no Brasil, destaca a “visibilidade” de lusófonos após ganhar prêmio. Plantas medicinais serão alvos da pesquisa para possível tratamento da doença.

Leave a Reply

Your email address will not be published.