Em mensagem para o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência (11), o secretário-geral das Nações Unidas disse que “promover a igualdade de gênero no mundo científico e tecnológico é essencial para a construção de um futuro melhor”.

Segundo António Guterres, isso foi visível na luta contra a COVID-19. As mulheres, que representam 70% de todos os profissionais de saúde, estão entre as mais afetadas pela pandemia e entre os que lideram a resposta à pandemia.

As desigualdades de gênero aumentaram dramaticamente no último ano, à medida que as mulheres carregam o peso do encerramento das escolas e do trabalho remoto.

Muitas cientistas são confrontadas com laboratórios fechados e maiores responsabilidades de cuidados, ficando com menos tempo para a investigação. Para as mulheres no campo científico, esses desafios agravaram uma situação que já era difícil.

Saiba mais: http://bit.ly/ciencia-mulheres

(Na imagem de capa, jovens estudantes no Cazaquistão participam em programa destinado a mulheres. Foto: UNICEF/Zhanara Karimova)

Acompanhe o trabalho da ONU no Brasil e no mundo nas nossas principais redes sociais e em nosso site:
ℹ️ https://www.facebook.com/ONUBrasil
ℹ️ https://www.instagram.com/onubrasil
ℹ️ https://www.youtube.com/onubrasiloficial
ℹ️ https://twitter.com/ONUBrasil
ℹ️ https://www.tiktok.com/@onubrasil
ℹ️ https://brasil.un.org

Leave a Reply

Your email address will not be published.