As agências das Nações Unidas no Peru pediram a abertura de uma investigação sobre o assassinato de pelo menos 14 pessoas no país sul-americano. 
O ataque no distrito de Vizcatán de Ene, no Departamento de Junín, no centro do país, foi reivindicado pelo grupo rebelde de extrema esquerda, Sendero Luminoso. 
A representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, María del Carmen Sacasa falou à ONU News, de Lima, sobre a resposta do Sistema das Nações Unidas no país

Leave a Reply

Your email address will not be published.