Mais de 3 milhões de pessoas morrem por ano devido à exposição a fatores de risco ambientais. Dentre eles estão a contaminação do ar e da água, substâncias químicas presentes no meio ambiente, pesticidas e radiações ultravioletas.

A diretora do Departamento de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Saúde da Organização Mundial da Saúde, Maria Neira, afirmou que “a mudança climática vem agravar ainda mais esta situação”.

Em entrevista para a ONU News em Nairóbi, Quênia, durante o encerramento da 6ª Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente, na sexta-feira, ela afirmou que teve especial envolvimento com a resolução sobre qualidade do ar.

De acordo com a especialista, anualmente são registradas 7 milhões de mortes prematuras devido à má qualidade do ar que se respira.