Referindo-se ao fechamento de escolas em todo o mundo, que atingiu milhões de crianças, impactando não apenas sua educação, mas também uma série de outros serviços importantes, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a decisão de fechar escolas deve ser um último recurso, temporário e apenas em nível local em áreas com transmissão intensa.

O tempo durante o qual as escolas estão fechadas deve ser usado para implementar medidas de prevenção e resposta à transmissão quando reabrirem.

“Manter as crianças seguras e na escola não é tarefa apenas das escolas, dos governos ou das famílias. É um trabalho para todos nós, juntos. Com a combinação certa de medidas, podemos manter nossos filhos seguros e ensiná-los que saúde e educação são duas das coisas mais preciosas da vida”, acrescentou Tedros.

Embora as crianças tenham sido poupadas de muitos dos efeitos mais graves do vírus para a saúde, elas sofreram de outras maneiras, disse Tedros, acrescentando que o fechamento de escolas atingiu milhões de crianças em todo o mundo.

Dadas as diferentes situações entre os países, a UNESCO, o UNICEF e a OMS publicaram orientações atualizadas sobre medidas de saúde pública relacionadas com as escolas no contexto da COVID-19.

Com base nas evidências científicas mais recentes, o guia fornece conselhos práticos para escolas em áreas sem casos, casos esporádicos, grupos de casos ou transmissão comunitárias. As orientações foram desenvolvidas com a contribuição do Grupo Técnico Consultivo de Especialistas em Instituições Educacionais e COVID-19, estabelecido pelas três agências da ONU em junho.

Saiba mais:
ℹ️ www.paho.org/pt/covid19
ℹ️ bit.ly/covid-escolas

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: