Falando à ONU News, a coordenadora residente da ONU em Moçambique, Myrta Kaulard, disse que está “muito preocupada com a capacidade de resposta da comunidade humanitária.”
A coordenadora deu uma nova atualização dos danos causados pelo Eloise. Cerca de 250 mil pessoas foram afetadas, causando mais de 18 mil deslocados e danificando 76 centros de saúde e 400 salas de aulas.
Imagens: ONU Moçambique

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.