Em entrevista exclusiva à ONU News, chefe de Estado do país africano de língua portuguesa afirma que é hora de aproveitar a “nova ordem mundial em formação” para melhorar governança, políticas públicas e enfrentamento da crise climática.
O novo presidente cabo-verdiano diz que a comunidade internacional deve prestar mais atenção às dimensões de Estados insulares e países sem acesso ao litoral. Neves citou os programas de transferência de renda que Cabo Verde promove para maior inclusão dos que mais sofreram com a alta dos preços dos combustíveis e de alimentos.
Ele citou os esforços do país de promover a língua nacional, o crioulo, em outras partes do mundo, assim como a língua portuguesa, oficial no país. “A língua cabo-verdiana e a língua portuguesa são nossos dois patrimônios”.
O chefe de Estado lembrou que o país sempre se pronuncia em português em organizações internacionais e que os jovens cabo-verdianos convivem com as duas línguas, e que muitos cresceram numa realidade bilíngue de ensino nas escolas.
José Maria Neves concluiu ressaltando que o mundo está num “momento caótico” e que as lideranças internacionais devem ser mais efetivas para que todos possam encontrar a paz e “combater os efeitos nefastos dessa pandemia.”
Ele conversou com Monica Villela Grayley, da ONU News.

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: