Mais de 1500 profissionais, de forças policiais federais, estaduais e de instituições que atuam na fronteira, trabalham há um ano com o mesmo objetivo: reduzir a vitalidade financeira das organizações criminosas, tendo proporcionado um prejuízo de mais de R$ 750 milhões às organizações criminosas. A união de esforços e a troca de conhecimento contemplam as estratégias do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), um dos projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública, e que completa um ano no dia 15 de abril.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: